quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Time Line Therapy® - o que é e como funciona.



 


Nós somos uma colecção de memórias. As nossas experiências passadas condicionam o que somos e como agimos. As memórias são registadas e armazenadas durante a nossa vida. A nossa Linha do Tempo é a forma como codificamos as memórias na nossa mente. Se assim não fosse, como saberíamos a diferença entre uma memória passada e um sonho futuro? Todos temos dentro de nós uma forma de codificar o passado, presente e futuro.

Praticamente todas as pessoas armazenam o tempo de uma forma linear e por isso, a diferença está na forma como o organizam.

Normalmente quando falamos fazemos uma descrição do que se passa na nossa mente. Muitas vezes, essa descrição não é metafórica mas sim literal. Certamente que já ouviram alguém dizer “um dia vais olhar para trás e vais rir disto tudo!”… ou “Põe isso para trás das costas!” – O que é que isto significa? Quando as pessoas falam das suas experiências internas de tempo (incluindo gestos), fazem uma descrição literal da sua experiência, ou seja, descrevem literalmente a sua maneira de organização de tempo.
A forma como armazenamos internamente o tempo e de como isso afecta a personalidade vem de várias fontes, incluindo o livro de Edward T. Hall: “A dança da vida”. Para Hall existem 2 tipos de tempo:
O Anglo-Europeu
O tempo anglo-europeu parece ter origem na revolução industrial. A necessidade de pontualidade, de organização para que a indústria funcionasse, a noção de linha de montagem,  conduziu a uma noção de tempo linearmente estruturado, onde há uma sucessão de eventos, um a seguir ao outro e, onde cada um deles se estende da esquerda para a direita e da direita para a esquerda. Assim, se marcarmos um encontro às 10, é às 10.
O Tempo Arábico

Árabes, Islâmicos, países do sul, México e outros países de climas quentes, têm uma noção de tempo completamente diferente. Para eles, o tempo acontece agora. Se marcarmos um encontro às 10h e apareceres às 11, não há qualquer problema, está tudo bem.  No tempo arábico, a noção de amanhã é muito alargada,, como o tempo acontece “ao mesmo tempo e agora”, não existe uma noção real de futuro.

O que vai determinar se cada um de nós usa um ou o outro modelo, é o nosso sistema interno de codificação de tempo.

Há basicamente duas formas de organizar as memórias, de organizar o tempo:

O Anglo-europeu, é o que chamamos de “Through Time” e é caracterizado por uma linha de tempo que se estende da esquerda para a direita ou vice-versa ou, qualquer outra organização que mantenha o passado, presente e futuro à sua frente.

O tipo Arábico de tempo, denominamos “In Time” e é caracterizado por uma linha que se estende da frente para trás, ou qualquer outra combinação de passado, presente e futuro onde uma parte da linha não é visível.

A linha do tempo é um elemento fundamental da nossa personalidade. As nossas memórias, decisões, experiências, boas ou menos boas, estão impressas na LT e determinam como nos relacionamos com o mundo. Termos uma organização de tempo In Time ou Throught Time implica características específicas na forma como lidamos com o tempo e por isso na nossa experiência.

O tempo é uma coisa fascinante e ao mesmo tempo intrigante. Se há pessoas que parecem organizá-lo bem, há outras que nem tanto. Esta ideia de tempo era algo que fascinava Tad James e, depois de ter estudado metaprogramas, começou a desenvolver a Time Line Therapy® em 1984.

A Time Line Therapy® trabalha com a mente inconsciente tirando partido das directivas primárias do Inconsciente e parte do pressuposto principal de que "All learning behavior change is unconscious" (toda a mudança comportamental é inconsciente) . O seu principal objectivo é libertar, desconectar emoções negativas e decisões limitadoras (que são a base das crenças limitadoras), trabalhando conscientemente com a mente inconsciente e por isso, causando uma integração Consciente/Inconsciente.

Então, o que é a Time Line Therapy®?

A Time Line Therapy® é um processo de imaginação activa (imaginação activa do que estamos a sugerir, por isso, quando pedimos a alguém para se imaginar flutuando sobre a linha do tempo, a pessoa terá de activamente imaginar-se a flutuar).

A imaginação activa é usada na Terapia Gestalt. Tudo o que a outra pessoa imagina está sempre certo.

O Time Line Therapy® não necessita do conteúdo das memórias para trabalhar. Na Time Line Therapy®, não trabalhamos com conteúdo, por isso, a pessoa com quem estamos a trabalhar não necessita de entrar no conteúdo das memórias para libertar emoções negativas. Esta é a principal diferença entre a terapia da linha do tempo e outras terapias que trabalham com memórias. No contexto da Terapia da Linha do Tempo®, uma gestalt é "uma colecção de memórias em torno de um determinado assunto, cuja soma total é maior do que as memórias individuais em si seriam. "
Ensinada e aplicada no mundo inteiro, esta terapia foi criada em 1984 por Tad James.  É considerada uma das mais poderosas terapias desenvolvidas dentro das modernas pesquisas sobre a mudança emocional.

Sabe-se que a dificuldade das pessoas em viverem uma vida completa e satisfatória, de conquistarem os seus objectivos e realizarem os seus desejos, está directamente ligada  a decisões limitadoras e a emoções negativas passadas e à falta de especificação dos seus objectivos.

As emoções negativas existem devido às experiências negativas passadas, com as quais não aprendemos e que ficaram "presas" em gestalts que continuam no presente a controlar as nossas experiências, a nossa vida.

A TLT com as suas várias técnicas possibilita a "limpeza" dessas experiências transformando essas emoções negativas. O seu principal objectivo é aprender e guardar as aprendizagens sobre determinado evento. Partimos do pressuposto que qualquer evento tem aprendizagens e, se esse evento nos “prende” através da emoção negativa a ele associado, é porque há aprendizagens a retirar desse evento. As emoções principais são: raiva, tristeza, medo, mágoa e culpa, frustração. As aprendizagens vão servir como recursos futuros.

A Terapia da Linha do Tempo trabalha com o conceito de “causa-raiz”. Encontra de maneira directa o primeiro evento de uma gestalt, reestruturando-o de forma a desconectar todas as emoções ligadas a essa gestalt através de aprendizagens.

Três Razões para as Emoções desaparecerem:

1 - Psicológicas : Reenquadramento

Baseado nos trabalhos de Leslie Cameron-Bandler em  “Emotional Hostage, em 1987, e Alfred Korzybski, “ Science and Sanity em 1933, todas as emoções necessitam de tempo para expressarem o seu significado, assim uma mudança  na perspectiva temporal reenquadra a emoção. A emoção é reenquadrada e assim desaparece pois muda o seu significado.

2. Metafísicas : (Ilusão)

Baseados na metafísica pensamos que só existe uma emoção real no Planeta - o AMOR. Todas as emoções negativas são derivadas do MEDO e são uma ilusão, assim uma mudança na perspectiva temporal mostra como a emoção é uma ilusão e desaparece.

3. Física Quântica:

Baseado nos trabalhos da física quântica e Cálculo, a posição # 3 (uma técnica específica usana na terapia)  é multi dimensional, neurologicamente oposta ao “AGORA”. O que acontece é que a posição actua como anti-matéria e as fronteiras neurológicas da emoção no corpo desaparecem.

Uma das perguntas frequentes em relação à libertação de emoções negativas, tem a ver com “acreditarmos” que elas são necessárias para nos protegermos.

A raiva e o medo são respostas secundárias que vêm da resposta instintiva Flight ou fight – Ou seja, respostas instintivas para fugir ou lutar quando estamos em perigo. E nós teremos sempre os instintos primários de protecção, não precisamos da raiva e do medo que nos fazem mal.


Create Your Future

Create Your Future® é outro nome usado pela Tad James CA para a Time Line Therapy® e é também uma técnica específica dentro da Time Line Therapy ®, que usa a linha do tempo no futuro para estabelecer objectivos.

Porque funciona ...

Funciona devido ao Sistema de Activação Reticular. O Sistema de activação reticular é uma parte do nosso cérebro  que funciona como uma bússola. Lembra-se do último carro que comprou e, de repente ter começado a reparar numa série de carros da mesma marca? Ou, quando esteve grávida, de repente “todas as mulheres do mundo estavam grávidas” pois a todo o lado que ia reparava em mulheres grávidas? O nosso cérebro tem uma capacidade incrível de encontrar e criar tudo aquilo em que nos focamos. A nossa atenção determina a sua direcção.

O Sistema de Activação Reticular, (RAS), irá procurar semelhanças, logo, o nosso RAS vai realmente ajudar-nos a alcançar os nossos objectivos, pois, através de filtros vamos encontrar possibilidades e oportunidades onde de outra maneira não encontraríamos. Assim, se “pusermos” objectivos no futuro vamos, mesmo inconscientemente,  estar à procura de os realizar.

“The Conscious Mind is the goal setter and the unconscious mind is the goal getter”

A Terapia da Linha do Tempo® é um processo especial, rápido e efectivo para transformar a cadeia de acontecimentos que têm como resultado comportamentos ou Estados Interiores negativos. A rapidez com que são efectuadas as mudanças efectivas surpreende os seus utilizadores.
 

(Toda a informação usada neste texto foi retirada do manual de Time Line Therapy® de Tad James e do seu livro “Time Line Therapy and the Basis of Personality”)

 
Vera Braz Mendes (já agora, eu sou completamente throught time por isso, se marcarem alguma coisa comigo às 9h, considerem-se atrasados às 9h05m. :-) )


 

Sem comentários:

Publicar um comentário